segunda-feira, 8 de julho de 2013

O TDAH INCONSTANTE







Amamos e odiamos num átimo.
Fervemos e congelamos num instante.
Sorrimos e choramos num relance.
Erguemos e destruímos num centésimo.
Expandimos e encolhemos num piscar.
Morremos e renascemos numa vida.
Esse ir e vir contínuo.
Essa inquietude interna.
Essa vida em choque.
Frutos da insatisfação que nos habita.
Nos desanima!
Nos esgota!
Nos derrota!
Não!
Isso jamais!

22 comentários:

  1. Alexandre Schubert9 de julho de 2013 02:38

    Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eita Hacker, você é mesmo obsessivo compulsivo kkkkkkkkkkkkkkkkk, já conheço suas postagens, kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, grande bobão

      Excluir
    2. Hacker nada... hacker é inteligente e sabe realmente quebrar sistemas! Esse só é um mané que gosta de postar coisas com o nome dos outros XD

      Excluir
    3. hahahaha ele não desistiu ainda!!! sai fora manééé

      Excluir
    4. É UM BABACA MESMO!
      O PIOR É QUE OS VÍDEOS QUE ELE POSTA SÃO FRAQUÍSSIMOS!
      KKKKKKK

      Excluir
  2. Alguém aqui conhece algum Neuro ou Psiquiatra especialista em TDAH, que trabalhe Rio de Janeiro, e que atenda pelo plano UNIMED?

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rodrigo, acho que você vai ter que cruzar os dados.
      Pegue os nomes no site da ABDA(www.tdah.org.br) e confira se algum deles atende pela internet.
      Abraços
      Alexandre

      Excluir
    2. Rodrigo, meu palpite é que você procure um psiquiatra particular. Esta especialidade demanda um tempo maior na consulta, e quem atende por convênio normalmente atende em 15 minutos. Vale a pena investir em um profissional particular.
      Um abraço.

      Excluir
    3. Olha só eu descobri uma psiquiatra, na ilha e no largo do machado, muito boa como não tenho plano eu pago particular mesmo, caso queiram a indicação, foi a única médica q o tratamento deu certo, tenho 33 anos e fui diagnosticada com 20 e sofri nesses 10 anos passando de médico em médico.

      Excluir
    4. Olá, Rosana! por favor, pode informar o tel de contato do médico que atende no largo do machado; ele atende pela UNIMED? alguém pode informar sobre médicos que atendam pelo referido convênio? grato.

      Excluir
  3. Eu descobre que tenho TDAH..
    E não tenho vergonha de ter nascido assim, só que as vezes e muito ruim manter um relacionamento, trabalhar, estudar, conversar, dormir, manter amizades. Eu tenho 21 anos e eu mesmo tomei a iniciativa de procurar um especialista to com uma consulta marcada para o dia 29/07 estou muito ansioso é que sempre estou ansioso. Um bom dia a todos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite!
      Parabéns pela sua iniciativa, trate-se, você vai sentir uma enorme diferença positiva em sua vida.
      Você conseguira conciliar melhor essas demandas de nossas vidas.
      Abraços
      Alexandre

      Excluir
  4. Oi Alexandre cá estou eu de volta... hoje meio em pânico pq estou de férias 15 dias e meu filhote sem ritalina só comigo e estou enlouquecendo. Tento não brigar. Escutei tanta coisa hoje que está bem difícil. Nessas horas tenho tanto medo do futuro. Hoje ele tem apenas 9 anos e é tão difícil. Pelo menos agora, depois do diagnóstico, eu já sei que não sou a causa. Pelo menos isso... Alguém tem alguma idéia de qdo teremos ritalina LA de novo? Vi a informação no site da ABDA mas já estamos em julho e nada. Meu filho não conseguiu se adaptar com a ritalina comum. Ele tem dor de cabeça, dor de estomago, enjoo e eu não tenho como comprar Concerta... Abraço.. o blog continua ótimo e parabéns pelo chat! Abs. Patrícia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tá complicado, Patrícia!
      Aqui em juiz de fora, chegou a reaparecer mas desapareceu de novo.
      Se eu souber de alguma coisa te aviso.
      Abraços
      Alexandre

      Excluir
    2. Oi Patricia, fiquei sabendo que tenho TDAH a pouco tempo, tb estou precisando da ritalina.
      O que aconteceu comigo pode ser útil para vc.
      Procurando pelo remédio, percebi que o controle de estoque das grandes Drogarias não funciona 100%, a partir desta informação, procurei na internet telefone das lojas e liguei até achar uma caixa em uma loja na região metropolitana de BH, a uns 50Km.
      Deu trabalho e vou repetir a formula assim que entrar uma graninha.
      Abraços

      Excluir
  5. Alguem ja fez a referencia de uso de drogas e TDAH?

    ResponderExcluir
  6. Oi pessoal

    Eu gostaria de fazer uma pergunta pra vocês:

    Um portador de tdah, pode se inscrever como "portador de necessidades especiais" em um concurso público?

    Eu já imagino que a resposta seja não.Mas gostaria de saber o que vocês pensam. Mas estou perguntando isto, porque eu uso o remédio por orientação médica, mas a ultima vez que tomei foi em janeiro, porque desde esta época não consigo mais encontrar ritalina na versão comum de 10 mg.
    Agora em julho faz 6 meses que interrompi o tratamento e os efeitos negativos no tdah (distração e procrastinação) já estão agindo em mim.
    Moro no interior, mas numa cidade até grande, e mesmo assim, há muito tempo em nenhuma farmácia consigo encontrar o remédio.

    * Se eu estivesse usando o remédio normalmente, eu nem cogitaria a possibilidade de tentar me inscrever como "portador de necessidades especiais", mas este concurso é da justiça, as questões são extensas e tenho medo de não dar tempo de ler tudo.

    * E também, porque lembro que uma vez fui fazer a prova do Enem, era tanta questão extensa, que não deu tempo de ler tudo.

    Obrigado, Diego.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. gente, que loucura, foi a primeira vez que vi a postagem de nosso amigo hacker...meu Deus...é uma pessoa extremamente doente, que precisa realmente se cuidar, cuidar da doença e do carater principalmente...olha, hacker, a partir de hoje vou rezar todos os dias pra você, para que vc encontre um caminho produtivo em sua vida pessoal, você deve ser mesmo muito infeliz, que coisa...que Deus te abençoe muito, sempre e que vc encontre muita luz no seu caminho, você precisa de luz...muita luz abs Maria Bonita

      Excluir
  7. Alexandre Schubert13 de julho de 2013 14:56

    http://www.youtube.com/watch?v=YVcNabmtw4A

    http://www.youtube.com/watch?v=0ybe6BUtiBA

    http://www.youtube.com/watch?v=uE0mysIHvvg

    ResponderExcluir
  8. Olá alexandre, meu nome é Diego, tenho 22anos, mas nao sou o tal hacker, decidir dps de muito tempo procurar minha melhora sobre o tdah, fico muito nervoso, estressado , ansioso , hiperativo.. o meu tdah é do tipo combinado, complica mais minha situação, nunca fui bem na escola por ser desatento, mas sempre tirei notas boas.. so que perdi o interesse , como sempre perco o interesse nas coisas, é normal do TDAH ? tenho tantas perguntas.. rs

    é tão dificil conversar com as pessoas, pq nos portadores do tdah, falamos em demasiadamente .. muitas ideais surgindo na mente, e queremos compartilhar, só que as pessoas gostam de ser '' jesus'' e julgar.. isso acaba me deixando meio que triste.. por existir pessoas assim, fui criado com muito amor e carinho de meus pais, entao sou muito ''puro'' em relação a sentimentos.. apesar de ser Homem, mas nossa 'doença' Tdah, puxa pro lado do sentimental.. eu uso o Concerta, e ele me ajuda muito a melhorar , infelizmente procurei o caminho da maconha, mas nao vejo ela como um MAL na minha saúde, mas acho que quando fumo maconha, ela corta o efeito do remédio CONCERTA, eu acabo ficando mais ainda com TDAH, só que de uma forma diferente.. numa paz e tranquilidade, gosto de animais, e da natureza.. e acho que estou entrando numa esquizofrenia.. pois não vejo muitas pessoas com essa ''pureza'' no coração , de sentimentos puros.. esse foi meu depoimento.. prefiro ficar no anonimato. pois sou muito reservado, espero que entendam. Boa noite , Fiquem na paz de Cristo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite, Diego!
      Esse desinteresse é tão comum e tão forte que gerou um post esses dias mesmo. Isso é uma característica marcante do TDAH. Mas esse sintoma deve diminuir bastante com o remédio, principalmente se você combinar o remédio com uma terapia, por exemplo.
      Quanto a maconha, Diego, eu não tenho como te ajudar; deixei de usá-la aos dezesseis anos por que me deprimia demais, eu me sentia um pano de chão. Não sei te dizer se ela ajuda ou prejudica.
      Abração
      Alexandre

      Excluir
  9. É a primeira vez que estou lendo esse blog e fico triste e feliz ao mesmo tempo por lê-lo e encontrar tanta familiaridade. Tou tão cansada, Alexandre... A sensação que eu tenho é que vou nadar, nadar, nadar e morrer na praia. É um luta diária muito grande e sinto que a qualquer momento eu esgoto. Tão cansada e não consigo descansar um minuto a cabeça... Às vezes sinto que não vou conseguir meus planos, meus sonhos...Fico com tanto medo!

    ResponderExcluir