quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

PROCRASTINAÇÃO: O CERNE DO TDAH.

Bem...




Bem, bem...
















Melhor começar agora...

Não. Primeiro vou limpar a piscina. Depois volto e escrevo.
Mas pode ter alguém esperando que eu escreva alguma coisa. Mas isso é um blog, eu escrevo quando posso, ou tenho vontade.
A piscina tá ali me esperando.
De mais a mais, eu devo ter no máximo uma meia dúzia de leitores, são seis e meia da manhã. Limpar a piscina é mais importante.





Mas eu queria muito escrever sobre a procrastinação. Acho importante as pessoas saberem o que é e como funciona. Como sofremos com esses adiamentos contínuos.





A piscina tá ficando prá trás. E eu não escrevo.

Vou limpar a piscina. Daqui há pouco eu volto.
Eu gosto de aspirar a piscina, me desliga um pouco. Enquanto eu fico aqui aspirando lentamente, esqueço da vida.
Posso inclusive pensar no que escrever sobre a procrastinação. Na verdade eu deveria ter escrito primeiro e depois ter vindo limpar a piscina. O blog é um negócio importante. A piscina não. Mas se minha filha acordar cedo e quiser nadar não pode. A piscina tá cheia de produtos químicos. Na verdade daria prá fazer as duas coisas. Só saio para Viçosa por volta das oito e meia nove horas. Poderia ter escrito primeiro e depois ter vindo limpar a piscina.
Porra que saco! Por que não faço logo uma coisa e esqueço da outra?
Não. Tenho que ficar pensando, pensando, pensando. Por que adiei, por que não fui logo e fiz o que deveria ter sido feito.
Bom, de qualquer forma a piscina també é importante. Coloquei remédio nela ontem e hoje eu precisava aspirá-la. Mas, venhamos e convenhamos, o blog é o que eu DEVERIA ter feito.
Foda-se! Eu quis limpar a piscina e estou limpando. E vai ficar linda! Na semana passada não ficou muito legal. Também eu deixei a água ficar verde. Imunda. Em vez de jogar o remédio fiquei enrolando, enrolando, até ela ficar verde e eu ter que jogar meia tonelada de cloro prá fazer um tratamento de choque.  Esse negócio de adiar é foda. Ontem pouco mais de cem gramas foram suficientes para limpar a água. Fiquei duas semanas enrolando e deixei a água ficar da cor da grama.
Igual ao blog. Vou custar a me concentrar de novo. Posso ter perdido um monte de idéias por ter adiado o início. Enquanto tomava café da manhã me vieram um monte de exemplos sobre procrastinação. Agora parece que sumiram todos. Meu Deus, por que o senhor me permite agir assim ? Tudo meu é desse jeito!Por que eu simplesmente não pego e faço, igual a todo mundo? Minha terceira esposa é que era assim. Tem que fazer ? Faz agora! Eu não, fico nesse adiamento sem fim. E o que é pior, eu não esqueço que adiei. Fica esse troço martelando na minha cabeça.
Será que os exemplos de procrastinação que vieram à minha mente se foram para sempre? Montei todo o post na minha cabeça e em vez de colocar no "papel", não. O idiota veio limpar a piscina. Agora o imbecil não se lembra de nada do que estava pensando. Por isso que a Dra. Valéria mandou que eu tivesse um bloco e caneta sempre à mão. Mas, esqueci de comprar.
Ô cabeça, meu Deus!

4 comentários: