segunda-feira, 18 de maio de 2015

TDAH: NOVE PASSOS PARA VOCÊ FRACASSAR NA VIDA






Lembre-se, não deixe nenhum dos passos sem cumprir ou não poderei garantir que vá fracassar retumbantemente! Não posso ser responsabilizado se você, mesmo cumprindo o tutorial aqui descrito, ainda obtiver algum sucesso na vida. As vezes a sorte não está a nosso favor...

1) NÃO SE TRATE: Essa é a base de tudo! Ignore ser um TDAH, melhor ainda, não acredite que exista o TDAH. Acredite que a Ritalina é um veneno e que os médicos estão mancomunados com os grandes laboratórios para ganhar milhões à suas custas.

2) CONFIE NA SUA MEMÓRIA: Acredite piamente que anotar é besteira, você irá se lembrar. Some-se a isso o fato de você não tomar os remédios e estará dando um grande passo em direção ao buraco.

3) ISOLE-SE: Isso é ótimo! Aceite que você é anti social e abandone amigos, parentes e conhecidos. Rapidamente você não será lembrado para ser convidado a eventos sociais, promoções, novas oportunidades...

4) LIBERTE-SE DO RELÓGIO: Não fique conferindo as horas, nem se preocupe com possíveis atrasos; o brasileiro é assim mesmo. Não se esqueça: sempre dá tempo de ajeitar alguma coisa em casa antes de sair, não confira o endereço antes de sair (CONFIE NA SUA MEMÓRIA) e muito menos confira se você conhece mesmo o caminho. A surpresa é a graça da vida!

5) APREGOE SEU TDAH NO TRABALHO: Isso é muito importante, todos devem saber que você é TDAH. Principalmente seus superiores. Você passará por três estágios: NEGAÇÃO, ZOAÇÃO E DEMISSÃO. Seus colegas dirão: Que isso, você é um cara inteligente, não tem essa doença não. No segundo estágio vão começar a te zoar: Chegou atrasado hoje por que não tomou seu remédio? Esqueceu as planilhas né, TDAH? E no último seu chefe vai concluir que seu problema é doença e você jamais vai superar suas deficiências. Na primeira crisezinha demite o doidinho.

6) SOLTE SUA IMAGINAÇÃO: Empresas gostam de pessoas que pensam fora da caixinha, então, nada de se policiar. Viaje durante o expediente; diga coisas sem noção durante as reuniões; não faça um roteiro do que precisará dizer, improvise! Não se policie, deixe que o TDAH (que você não acredita que exista) aja por você.

7) ASSUMA SEU SENTIMENTO DE INFERIORIDADE: Deixe bem claro que você é um nada! Não sabe nada! Não entende nada! E, principalmente, não merece nada! Sempre que pedirem sua opinião - ainda que você saiba - titubeie, gagueje, engasgue. Não seja merecedor. Assuma, você é uma farsa!

8) SOLTE SUA IMPULSIVIDADE: Aqui é o oposto da anterior. Fale o que lhe vier à cabeça. Aponte as falhas e defeitos dos outros. Fale na cara! Seja O SINCERO!  Assuma riscos desnecessários e o principal: JAMAIS PENSE NAS CONSEQUÊNCIAS. Isso é fundamental!

9) ABANDONE SEUS PROJETOS: Esse item é típico. Esqueça aqueles projetos que já te consumiram tempo e dinheiro e mergulhe em algo novo, excitante!!!! Que claro, será também abandonado por outro ainda mais excitante... Que será abandon... Que será aban... Que será ab...
Este item me foi sugerido pela Bianca Tupinambá. Obrigado!

Eu poderia listar mais algumas atitudes aqui, mas acredito que essas sejam as principais. Se você sabe de outras que possam enriquecer nosso fracasso poste nos comentários; adorarei saber. Talvez até mesmo acrescento aqui e te dou o crédito.
Ahhhhh, já ia me esquecendo: siga rigorosamente esses passos e você terá como bônus um aumento exponencial do seu sentimento de culpa. Isso é um ganho extra que estou te proporcionando, portanto, cumpra.