domingo, 9 de dezembro de 2012

O TDAH E O PRÊMIO NOBEL








Muita gente me incentiva a escrever um livro ou transformar o blog num livro, ou coisa parecida.
Os portadores de TDAH saberão imediatamente o que vou dizer: MAS SERÁ QUE MEU LIVRO PODE GANHAR UM PRÊMIO NOBEL DE LITERATURA?
Pois é, esse é o TDAH.
Nossos sonhos são delirantes e paralisantes.
Não queremos ser atores, queremos ganhar um Oscar na primeira obra interpretada.
Só que não nos lembramos de que para ganhar o Oscar ou o prêmio Nobel o sujeito ralou muito, escreveu livros medianos, livros que não venderam , interpretou pequenos papéis desimportantes...
O TDAH não! Pensamos no fim, esquecendo que a vida é feita do dia a dia, um passo após o outro.
E qual o resultado disso?
Frustração, sentimento de inferioridade, paralisia.
Ao não conseguir criar A OBRA, aquela definitiva que mudará a humanidade, nos sentimos frustrados e abandonamos projetos que muitas vezes nos são caros e que poderiam render frutos, nos ensinar o caminho das pedras e até mesmo ser o início de uma grande trajetória.
Jamais contei a ninguém, mas já participei de um concurso de literatura infantil. Não ganhei nenhum prêmio e por isso, abandonei esse tipo de história. E a história era boa. Claro que hoje vejo defeitos nela, muito longa, um linguajar meio complicado, mas isso seria apenas uma questão de aprendizado, de leitura, de busca de informação. Não, simplesmente abandonei e nunca mais me dediquei a escrever para crianças.
E olha que minha cabeça ferve de ideias de livros infanto juvenis.
Esse concurso foi na década de 1980, ou seja, se eu tivesse me dedicado teria aprendido a escrever histórias infantis, e quem sabe, poderia ter ganho um prêmio afinal. Depois de quase 30 anos de aprendizado seria normal se conseguisse algo. Mas hoje, passado tantos anos, encontro-me praticamente da mesma forma, sem conhecer a fundo os macetes de se escrever para crianças e adolescentes e tão longe de ganhar um prêmio literário quanto estava naquela época.
Deus me dê vida longa para que eu tenha a chance de aprender a escrever e possa participar com êxito de algum concurso literário. rsrsrsrs